Previous
Next

NOTA DE SOLIDARIEDADE E PESAR PELAS MORTES PELAS MORTES DE COVID-19 NO BRASIL

Desde o início dos primeiros casos de morte por COVID-19 no Brasil, temos experenciado situações absolutamente novas. Certamente a pior é não podermos demonstrar o adequado pesar pela perda de entes queridos. E acompanharmos diariamente a promoção da escalada de mortes pelos governos que incentivam a flexibilização do isolamento social e negam a letalidade do Covid-19. Temos perdido servidores públicos na linha de frente de combate ao coronavírus, trabalhadores jovens, idosos e já sabemos que ficar em casa é a única forma de não fazer o vírus circular.
A pandemia de COVID-19 explicita as desigualdades no Brasil mas também expõe a má gestão das políticas de investimento em saúde e renda. E as filas para acesso à renda emergencial exemplificam a escolha difícil desta população que se arrisca na tentativa de conseguir o mínimo para o sustento básico expondo-se em aglomerações que favorecem o contágio.

Neste momento sabemos que os casos estão subnotificados no Brasil, mas é possível afirmar que o Rio de Janeiro está entre os Estados com mais de 50 mil casos. Em Campos dos Goytacazes são 2.225 casos confirmados no dia 08 de julho e 147 óbitos. É absolutamente incômodo que estes números não possam receber o devido pesar da sociedade em função da pandemia.

A ADUENF expressa publicamente sua solidariedade com todas as famílias enlutadas por uma perda tão drástica e revoltante.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email