Previous
Next

ATO PÚBLICO COBRARÁ VOTAÇÃO DO RELATÓRIO DA CPI DO RIOPREVIDÊNCIA E PUNIÇÃO DOS ENVOLVIDOS

Depois de cinco anos de trabalho e diversas irregularidades apontadas, a CPI do RioPrevidência na ALERJ corre o risco de terminar em pizza. Embora o relatório final aponte gestões irresponsáveis, que levaram a um prejuízo bilionário no instituto de previdência dos servidores estaduais, alguns deputados articulam para levar à votação em plenário um novo relatório que isenta os envolvidos de punição.

É hora de mostrar apoio à CPI e dizer não à corrupção. A ADUENF e o Fórum Permanente dos Servidores Públicos do Estado do Rio de Janeiro (FOSPERJ) convocam os servidores estaduais de todas as categorias para um ato público em frente à ALERJ nesta quinta-feira (05/05), às 15h. Durante a sessão, vamos ocupar as galerias da Assembleia e exigir a votação do relatório na íntegra.

Em 2016, servidores aposentados e pensionistas sofreram com o atraso de salários, e muitos precisaram de doações para não passar fome. Este fato motivou a abertura da CPI na ALERJ. Presidida pelo deputado estadual Flávio Serafini (PSOL), a Comissão Parlamentar de Inquérito descobriu que gestões irresponsáveis causaram um desvio de R$ 17 bilhões no RioPrevidência, dinheiro que seria usado no pagamento das aposentadorias e pensões. O relatório final pediu a responsabilização de 16 pessoas – entre elas, os ex-governadores Sérgio Cabral e Luiz Fernando Pezão.

Nos bastidores da ALERJ, porém, correm tentativas de esvaziar o trabalho realizado pela CPI. Na reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o deputado Márcio Pacheco (PSC) pediu vistas e adiou o envio do relatório final ao plenário. Além disso, o deputado Rosenverg Reis (MDB) propôs emendas que isentam de responsabilização os gestores que causaram o prejuízo aos cofres da Previdência estadual.

Há muito dinheiro dos trabalhadores e trabalhadoras envolvido nesse rombo, e os envolvidos no desvio precisam ser punidos. Os servidores estaduais não podem mais pagar a conta das más gestões.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!